UFC

Filho de Pelé se entrega à polícia em Santos

Ex-goleiro do Santos se apresentou na delegacia no fim da tarde desta sexta-feira.

O ex-goleiro Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, filho de Pelé, se entregou à polícia no fim da tarde desta sexta-feira (24) após a Justiça de São Paulo decretar a prisão dele. O ex-atleta se apresentou no 5º Distrito Policial de Santos, no litoral do estado.

De acordo com o G1, Edinho é acusado de “lavagem de dinheiro oriundo do tráfico”. O ex-goleiro do Santos falou com a imprensa antes de ingressar à cadeia e negou o argumento da condenação.

“Estou frustrado, pois estou sendo massacrado pela Justiça, mas eu preciso confiar nessa mesma Justiça e tenho certeza que, com o tempo, as coisas vão se acertar. A frustração é grande, porque estou sendo acusado de lavagem de dinheiro, mas eu nunca fiz isso. Não tem nenhuma prova no processo sobre isso. O argumento é sobre a minha amizade, de certa forma intimidade com outros acusados. Eu nunca neguei isso, mas nunca lavei dinheiro. O argumento para condenação é simplesmente amizade. E fica difícil aceitar e passar por tudo que estou passando por mais de 15 anos. Eu tenho vergonha, me arrependo da minha imprudência, mas eu não cometi crime. Eu sou forte, vou superar e dar a volta por cima”, disse o filho de Pelé.

Edinho foi condenado a 33 anos e quatro meses de reclusão, mas teve a pena reduzida para 12 anos e dez meses em regime fechado. Ele estava esperando o julgamento da apelação em liberdade

 

 

 

Veja também