UFC

Cruzeiro dá folga no Carnaval, mas manda cartilha para jogadores

Desde a última sexta (24), os atletas estão de folga e só voltarão aos treinamentos na próxima terça-feira.

Depois de uma maratona de oito jogos que durou quase um mês em intervalos de no máximo quatro dias entre as partidas, o Cruzeiro ganhou uma folga de pelo menos uma semana até seu próximo compromisso. Depois da goleada diante do São Francisco-PA, pela Copa do Brasil, a equipe mineira encerrou em alta o período anterior ao Carnaval e agora seus jogadores poderão descansar por uns dias.

Desde a última sexta (24), os atletas estão de folga e só voltarão aos treinamentos na terça-feira. Contudo, mesmo liberado das atividades, o elenco ainda terá que cumprir algumas orientações da comissão técnica para voltarem bem do feriado.

Nas férias de dezembro, foi criado um grupo no WhatsApp e os atletas receberam do preparador físico Eduardo Silva, o Dudu, um plano de atividades aeróbicas e musculares para manterem a forma física em dia. No início deste ano, o preparador se surpreendeu com o comprometimento do grupo e elogiou as condições físicas da equipe.

Desta vez, a proposta não será diferente e os atletas receberam novas orientações.

“O Dudu já passou uma programação para gente. Ficar quatro dias é ruim. Alguma coisa nós vamos fazer, sim, para não ficar todos esses dias parado”, comentou o lateral Ezequiel, que passará o carnaval junto com a família na cidade natal de Treze de Maio, no interior de Santa Catarina.

O meia Robinho também comemorou o planejamento da comissão técnica do clube que ajuda os atletas e pode evitar lesões ao longo do ano cheio.

“O Mano, Sidnei (Lobo, auxiliar) e o Dudu estão vendo bastante isso. Com todos esses jogos que temos, estão conseguindo mexer nas peças e deixar todo mundo bem. Até agora não tivemos lesões musculares, isso é importante”, disse.

E por falar em comandante, Mano Menezes revelou que a folga de carnaval era prevista para os jogadores, já que eles retornaram para a pré-temporada dois dias antes da data anteriormente estipulada. De acordo com o treinador, a pausa é necessária e merecida pelo que o time fez até aqui, mas pede cautela e cuidados nos momentos de festa.

“Temos que fazer as coisas equilibradas. Quando nós voltamos dois dias antes do término do direito de férias dos jogadores, propusemos a eles que, durante o Carnaval, iríamos compensar a situação e podemos fazer isso agora. A temporada começou bem, as coisas andaram bem, e tudo que quero é que eles aproveitem o Carnaval e aproveitem para ficar junto com as pessoas gostam, mas que se cuidem bem.

Os feriados sempre são perigosos com questões de trânsito e outros cuidados que temos que ter para que a gente continue a temporada como a gente iniciou”, falou o treinador.

Com informações da Folhapress.

 

 

 

Veja também