Em oito anos, Brasil perdeu 34 mil leitos hospitalares do SUS

O Brasil perdeu 34 mil leitos hospitalares em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) nos últimos oito anos. De acordo com levantamento feito pela GloboNews, com base no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde do Ministério da Saúde, a redução atingiu principalmente a psiquiatria, a pediatria clínica, a obstetrícia e a cirurgia geral.

O país tinha 336.842 leitos de internação do SUS em março de 2010. No mesmo período deste ano, o número passou a 302.524 leitos, uma queda de 10%. Percentualmente, o Rio de Janeiro foi o estado que perdeu o maior número de leitos (28%). Apenas cinco estados registraram aumento: Rondônia (25%), Roraima (12%), Amapá (11%), Tocantins (10%) e Mato Grosso (8%).

Em nota, o Ministério da Saúde informou que “a discussão atual é melhorar a ocupação dos leitos existentes”. “Paralelamente a esse cenário, cabe informar que a tendência mundial é de desospitalização, uma vez que com os avanços tecnológicos tratamentos que antes exigiam internação passaram a ser feitos no âmbito ambulatorial e domiciliar”, acrescentou a pasta.

De acordo com a nota, o esforço atual do ministério é para expansão de leitos de alta complexidade.

 

JIU JITSU FERNANDO MEIRA