GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Duas pessoas são presas em operação que investiga falsos médicos no sudoeste da Bahia

Duas pessoas foram presas nesta terça-feira (17) durante uma operação da Polícia Federal em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. A ação é de combate a prática ilegal da medicina e falsificação de diploma emitido por uma universidade estrangeira. A polícia não detalhou se as prisões foram em Vitória da Conquista ou em cidades da região.

De acordo com a PF, a operação visa também investigar a transferência externa para universidades brasileiras, por meio de apresentação de currículo falso de universidade estrangeira.

O nome da instituição não foi divulgado. Segundo a PF, os médicos ou os candidatos pagavam um valor para terem a transferência externa facilitada, e depois começavam a atuar nos municípios brasileiros em postos de saúde e hospitais.

Ainda segundo a PF, cinco falsos médicos foram descobertos trabalhando no hospital municipal em Jitaúna, também no sudoeste do estado.

Os suspeitos fugiram para cidades do Espírito Santo e Amazonas e não há detalhes se eles foram presos. Além dos mandados de prisão, também foi cumprido um mandado de busca.

Os suspeitos investigados podem responder por uso de documento falso, exercício ilegal da medicina, peculato e associação criminosa.

Programa Estado Solidário