Dos 513 eleitos na Câmara dos Deputados, 62 não receberam verba de partidos

Deste total, 49 vão assumir uma cadeira na Casa pela primeira vez.

Dos 513 eleitos e reeleitos para a Câmara dos Deputados nas eleições deste ano, 62 —o equivalente a 12%— não receberam dinheiro de seus partidos, segundo levantamento do portal G1.

De acordo com a publicação, deste total, 49 vão assumir uma cadeira na Casa pela primeira vez.

No pleito deste ano, os partidos repassaram R$ 429 milhões de seus recursos —que incluem fundo partidário, doações e contribuições às siglas e o Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC), que ficou conhecido como “fundão” —para eleger 451 deputados. Os outros 62 conseguiram se eleger sem ajuda das legendas.

Ainda de acordo com o levantamento, quase metade dos eleitos sem recursos partidários são filiados ao PSL e ao PDT. Foram 22 pessoas eleitas sem recursos filiadas ao partido do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). O PDT de Ciro Gomes terá oito deputados de suas fileiras que conseguiram chegar a Câmara sem dinheiro da sigla. Outros dez se elegeram pelo DEM (5) e PSD (5).

JIU JITSU FERNANDO MEIRA