GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Confederação dos Municípios não vê condições para eleição ocorrer este ano

Há ‘falta de condições sanitárias, econômicas, sociais e jurídicas’, avalia o presidente da CNM, Glademir Aroldi

Em debate com o Senado nesta segunda-feira (22), o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Aroldi, que não vê condições de as eleições municipais serem realizadas este ano. De acordo com o gestor, há “falta de condições sanitárias, econômicas, sociais e jurídicas.”

“Ninguém sabe o que vai acontecer. Se ninguém sabe, não temos garantia sanitária nenhuma”, argumentou Aroldi. Nesta terça-feira (23), está programada a votação de uma Proposta de Emenda à Constituição sobre a data dos dois turnos da sucessão municipal.

Segundo Glademir Aroldi, as estatísticas seguem indicando o crescimento acelerado de casos do novo coronavírus, mas, por suas grandes dimensões e diferenças regionais, o Brasil apresenta um cenário de contaminação que torna “fadada ao fracasso” qualquer previsão para um prazo com mais de 14 dias.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia