Com dois gols de Gilberto, Bahia derrota Santa Cruz fora pelo Nordestão

Com uma boa atuação no segundo tempo, o Bahia venceu neste sábado, 26, com tranquilidade o Santa Cruz por 3 a 1, em partida disputada na Arena Pernambuco, na cidade de São Lourenço da Mata, município da região metropolitana de Recife, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.

O destaque da partida foi o atacante Gilberto, que marcou dois gols na etapa final, chegando a boa marca de cinco gols em apenas três jogos em 2019 (também fez dois contra a Juazeirense e um contra o CRB). Além de Gilberto, o ex-lateral do Bahia Marcos, contra, fez o primeiro gol do Esquadrão, na etapa inicial. O jovem Elias, de 19 anos, marcou o gol de honra dos pernambucanos.

O resultado leva o Bahia aos quatros pontos em dois jogos no Nordestão, dentro da zona de classificação do grupo B da fase inicial do Nordestão. Já o Santa Cruz fica com apenas um ponto em duas partidas pela competição regional.

O próximo jogo do Bahia no Nordestão será no próximo domingo, 3, justamente o clássico Ba-Vi, às 17h (horário da Bahia), na Arena Fonte Nova, com mando de campo do Esquadrão. Antes, na quarta-feira, 30, às 20h30, o tricolor baiano joga pelo Campeonato Baiano contra o Bahia de Feira, também na Fonte.

O jogo

O primeiro lance de perigo da partida foi aos três minutos, quando Allan Dias lançou o atacante Elias, que saiu na cara do goleiro Douglas. Entretanto, em lance duvidoso, o juiz acabou marcando impedimento na jogada.

Aos nove minutos, foi a vez da primeira boa jogada do Bahia. Artur esperou a passagem de Nino Paraíba e deu bom toque para o lateral, que chutou forte, mas em cima do goleiro do Santa, que espalmou para escanteio.

Depois, aos 13 minutos, Rogério arriscou para o Bahia de fora da área, mas chutou fraco e Ricardo Ernesto defendeu.

O ataque pelo lado direito do Esquadrão realmente vem se mostrando como o ponto forte do time no início da partida.

Em outra jogada iniciada por Artur, o atacante tocou para Nino Paraíba, que, desta vez, ao invés de chutar para o gol, cruzou rasteiro para dentro da área. A bola estava na mira do lateral Moisés, mas antes do atleta do Bahia chegar na bola, um jogador ex-Esquadrão, o lateral-direito Marcos, tentou tirar a jogada e acabou marcando contra, abrindo o placar na Arena Pernambuco aos 18 minutos.

Depois do gol, o Esquadrão não manteve a pressão inicial e viu o time pernambucano crescer no jogo. Tanto que o Santa Cruz chegou ao empate, aos 36 minutos.

Jô lançou Elias, que teve tempo para dominar a bola, com o zagueiro Lucas Fonseca apenas cercando o atleta. O jovem atacante do Santinha, de apenas 19 anos, chutou forte, da entrada da área, no canto oposto. Douglas, que estava mal colocado no outro lado, pulou, mas não conseguiu chegar na bola. Estava decretado o empate na partida.

No início do segundo tempo, uma substituição logo de cara. Rogério, que assim como no jogo contra a Juazeirense ficou apagado em campo, saiu para dar lugar a Élber.

E logo com um minuto do segundo tempo, em uma jogada com participação dos três melhores atletas do Esquadrão neste início de temporada, o Bahia marcou o segundo gol. Artur cruzou na área, Moisés desviou de cabeça e Gilberto empurrou para dentro, colocando novamente o tricolor baiano à frente no placar.

Depois, aos nove minutos, em outra jogada que começou nos pés de Artur, veio o terceiro gol do Esquadrão. Artur dominou e arriscou de fora da área. A bola desviou na defesa do Santa e caiu nos pés de Gilberto, que teve calma e categoria para driblar o goleiro Ricardo Ernesto e marcar o seu segundo gol na partida, deixando o Bahia mais tranquilo na partida, com o placar de 3 a 1.

A partir de então, o Esquadrão só administrou a vantagem no jogo, com o Santa Cruz buscando o ataque, mas sem muita objetividade. Por fim, mais um bom resultado para deixar o torcedor tricolor esperançoso para os próximos jogos da temporada.

EDUARDO 'SNIPER' ROBSON