GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Ciryl Gane é bem favorito contra Derrick Lewis na luta pelo cinturão no UFC 265

De acordo com os números da Odds Shark, Gane tem cotação de 1.27 contra 3.70 de Lewis; Veja todas as cotações

C. Gane enfrenta D. Lewis na luta principal do UFC 265 Foto: Reprodução/Instagram

O novo campeão interino dos pesados do Ultimate será conhecido neste sábado (07), em Houston (EUA). O norte-americano Derrick Lewis encara o francês Ciryl Gane na luta principal do UFC 265. A luta será realizada no Toyota Center, em Houston, nos Estados Unidos.

Como apostar no UFC 265?

Para começar, você acessa a Odds Shark, escolhe uma casa de apostas e faz o seu cadastro. Depois de efetuar uma quantia, já pode começar a investir e a se divertir.

(R$ 3,70) Derrick Lewis x Ciryl Gane (R$ 1,27)

O francês Ciryl Gane é favorito, pagando R$ 1,27 a cada R$ 1,00 aplicado por você nas apostas, para derrotar o compatriota Derrick Lewis. Ciryl vem para o confronto do fim de semana com um cartel bem interessante: nove lutas e nove vitórias. O triunfo mais recente foi em junho deste ano, diante de Alexander Volkov.

O americano Derrick Lewis, por sua vez, com um histórico maior, de 25 vitórias e sete derrotas, se destaca nos nocautes. De todos estes resultados positivos, vinte foram nocauteando os adversários. Atualmente, a o período de invencibilidade dele é de quatro embates. Se vencer no sábado, o retorno será de R$ 3,70.

O campeão linear da categoria é o camaronês Francis Ngannou. A previsão é que ainda em 2021 aconteça uma luta entre os campeões para unificar o título.

(R$ 3,25) Bobby Green x Rafael Fiziev (R$ 1,35)

No peso leve, Rafael Ziev, do Quirguistão, encara o americano Bobby Green. O europeu está bem cotado, afinal paga R$ 1,35, de acordo com o Odds Shark. Ele tem nove triunfos – seis por nocaute – e um revés até agora, com três lutas sem deixar o octógono derrotado. Bobby, por sua vez, é mais experiente e rodada no MMA. O representante do Tio Sam tem 27 vitórias, 11 derrotas e um empate. Ele vem de uma derrota para Thiago Moisés, em outubro do ano passado.

(R$ 1,80) Karolina Kowalkiewicz x Jessica Penne (R$ 2,05)

Já no peso palha feminino, a polonesa Karolina Kowalkiewicz tem a cota menor do duelo, o que indica o favoritismo, gerando o valor de R$ 1,80 para 1. Para ela, são 12 vitórias e seis derrotas. Apesar de ser apontada como a possível vencedora da luta, a europeia vem de quatro revesses seguidos. O triunfo mais recente foi em 2018, contra Felice Herrig.

A americana Jessica Penne, que tem 13 vitórias e cinco derrotas, interrompeu a sequência negativa de três reveses com o triunfo sobre Lupita Godinez, em maio. Mais um resultado positivo paga R$ 2,05.

Palpites: vitórias de Ciryl Gane (R$ 1,27), Rafael Fiziev (R$ 1,35) e Jessica Penne (R$ 2,05).

(R$ 3,70) Derrick Lewis x Ciryl Gane (R$ 1,27)

O francês Ciryl Gane é favorito, pagando R$ 1,27 a cada R$ 1,00 aplicado por você nas apostas, para derrotar o compatriota Derrick Lewis. Ciryl vem para o confronto do fim de semana com um cartel bem interessante: nove lutas e nove vitórias. O triunfo mais recente foi em junho deste ano, diante de Alexander Volkov.

O americano Derrick Lewis, por sua vez, com um histórico maior, de 25 vitórias e sete derrotas, se destaca nos nocautes. De todos estes resultados positivos, vinte foram nocauteando os adversários. Atualmente, a o período de invencibilidade dele é de quatro embates. Se vencer no sábado, o retorno será de R$ 3,70.

O campeão linear da categoria é o camaronês Francis Ngannou. A previsão é que ainda em 2021 aconteça uma luta entre os campeões para unificar o título.

(R$ 3,25) Bobby Green x Rafael Fiziev (R$ 1,35)

No peso leve, Rafael Ziev, do Quirguistão, encara o americano Bobby Green. O europeu está bem cotado, afinal paga R$ 1,35, de acordo com o Odds Shark. Ele tem nove triunfos – seis por nocaute – e um revés até agora, com três lutas sem deixar o octógono derrotado. Bobby, por sua vez, é mais experiente e rodada no MMA. O representante do Tio Sam tem 27 vitórias, 11 derrotas e um empate. Ele vem de uma derrota para Thiago Moisés, em outubro do ano passado.

(R$ 1,80) Karolina Kowalkiewicz x Jessica Penne (R$ 2,05)

Já no peso palha feminino, a polonesa Karolina Kowalkiewicz tem a cota menor do duelo, o que indica o favoritismo, gerando o valor de R$ 1,80 para 1. Para ela, são 12 vitórias e seis derrotas. Apesar de ser apontada como a possível vencedora da luta, a europeia vem de quatro revesses seguidos. O triunfo mais recente foi em 2018, contra Felice Herrig.

A americana Jessica Penne, que tem 13 vitórias e cinco derrotas, interrompeu a sequência negativa de três reveses com o triunfo sobre Lupita Godinez, em maio. Mais um resultado positivo paga R$ 2,05.

Palpites: vitórias de Ciryl Gane (R$ 1,27), Rafael Fiziev (R$ 1,35) e Jessica Penne (R$ 2,05).

Confira as lutas e as cotas do UFC 265:

Sábado (7 de agosto)

CARD PRINCIPAL
A partir das 23h, no horário de Brasília

Peso pesado: (R$ 3,70) Derrick Lewis x Ciryl Gane (R$ 1,27)
Peso galo: (R$ 1,87) José Aldo x Pedro Munhoz (R$ 1,95)
Peso meio-médio: (R$ 1,90) Vicente Luque x Michael Chiesa (R$ 1,90)
Peso galo: (R$ 1,95) Song Yadong x Casey Kenney (R$ 1,87)
Peso leve: (R$ 3,25) Bobby Green x Rafael Fiziev (R$ 1,35)

CARD PRELIMINAR
A partir das 19h15, no horário de Brasília

Peso mosca: (R$ 1,52) Manel Kape x Ode Osbourne (R$ 2,55)
Peso palha: (R$ 1,71) Tecia Torres x Angela Hill (R$ 2,15)
Peso mosca: (R$ 1,90) Victoria Leonardo x Melissa Gatto (R$ 1,90)
Peso meio-pesado: (R$ 1,40) Alonzo Menifield x Ed Herman (R$ 3,00)
Peso palha: (R$ 1,80) Karolina Kowalkiewicz x Jessica Penne (R$ 2,05)
Peso galo: (R$ 1,87) Vince Morales x Drako Rodriguez (R$ 1,95)
Peso galo: (R$ 1,37) Johnny Muñoz x Jamey Simmons (R$ 2,10)
Peso galo: (R$ 1,47) Miles Johns x Anderson Berinja (R$ 2,70)

Fonte: Super Lutas

Programa Estado Solidário