Carnaval 2022: “Não quero carregar peso na minha consciência”, Diz Rui

No Papo Correria desta terça-feira (09) o governador foi categórico ao dizer que o Carnaval só será liberado se o número de contaminados cair e o de vacinados aumentar. Ele disse que só vai liberar a maior festa de aglomeração do mundo, se estiver seguro que isso não causará danos à saúde pública e que até o momento, isso não vem acontecendo de forma segura. Rui Costa disse que a ainda é cedo para decidir e que toda uma cadeia econômica depende de tão importante decisão.

“Se eu anuncio, olha, VAI TER CARNAVAL e a situação degrada, piora, lá pro mês de dezembro eu vou anunciar TÁ CANCELADO O CARNAVAL, aí eu vou receber uma enxurrada de críticas e de processos judiciais dizendo: ‘O Estado me autorizou a comercializar, a fazer contratos e agora e agora cancelou, então o Estado tem que ressarcir meus prejuízos porque foi o próprio Estado que me autorizou a fazer os contratos’. Se eu anuncio NÃO VAI TER  e aí de repente acontece o que a gente quer, o povo vai se vacinar, todo mundo corre pra se vacinar e em dezembro a doença cai, aí vão dizer, ‘ó Governador, a doença caiu, por que não vai ter carnaval?’ “, disse Rui.

“Se o número de contaminados não cair e ao contrário, subir, é impossível ter Carnaval”, afirmou, e ainda convocou os donos de blocos e artistas a fazerem campanha em suas redes sociais para que as pessoas tomem as vacinas.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Programa Estado Solidário