Bolsonaro diz que mulheres conseguiram ‘quase tudo’ em seu governo

“Me rotulam como não gostar de mulheres, não gostar de um montão de coisa. Mas quando a gente vai para números é exatamente o contrário”

Durante um almoço apenas para mulheres, organizado pelo grupo Voto, o presidente Jair Bolsonaro defendeu que em seu governo as mulheres conseguiram “quase tudo que queriam”.

“Me rotulam como não gostar de mulheres, não gostar de um montão de coisa. Mas quando a gente vai para números é exatamente o contrário. Dentro do governo, o que vocês querem — e praticamente conseguiram quase tudo, falta pouca coisa— é igualdade”, disse Bolsonaro

Duas pesquisas divulgadas nesta segunda-feira, BTG/FSB e Ipespe, confirmam a preferência do eleitorado feminino, que hoje é maioria, por outros candidatos. Na BTG/FSP, Bolsonaro tem apenas 24% das intenções de voto entre as mulheres, enquanto no geral chega a 31%. A distância para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega a 22 pontos entre as mulheres.

Na Ipespe, o presidente tem 30% entre as mulheres, contra 35% no eleitorado em geral, e uma distância de 18 pontos para Lula no grupo feminino.