Banco testa empréstimo online para quem não é correntista

A startup possui um aplicativo que permite que consumidores procurem empréstimo e outros serviços financeiros

OBradesco está testando com a fintech (startup financeira) EasyCrédito a concessão de empréstimos para quem não é correntista do banco a partir da internet.

A startup possui um aplicativo que permite que consumidores procurem empréstimo e outros serviços financeiros em 56 parceiros (incluindo bancos, fintechs e varejistas).

O Bradesco é o primeiro dos grandes bancos a usar o serviço da EasyCrédito para oferecer empréstimo -Banco do Brasil e Caixa fornecem outros serviços pela plataforma.

Marcos Ramos, cofundador da startup, explica que ela possui método próprio para avaliar o risco de o cliente não pagar seu financiamento. Sua avaliação tem como característica usar dados não convencionais, como comportamento em redes sociais e permite o envio de documentos e assinaturas pela internet.

Em vez de estar no aplicativo da empresa, como os demais fornecedores de empréstimos, o Bradesco terá uma plataforma própria, disponível em https://inovabra.easycredito.me/.

Ramos diz que o EasyCrédito já recebeu 1 milhão de solicitações de empréstimo por seu serviço. A expectativa é que o Bradesco sozinho leve a um aumento de 50% neste ano.

Segundo ele, a parceria com o Bradesco indica que bancos e novas empresas podem trabalhar juntos.”Isso desmistifica a ideia de que existe uma guerra entre bancos e startups. Em vez disso, há muito mais parceria.”

A EasyCrédito participou em 2016 do programa de relacionamento e apoio a startups do banco InovaBra.Atualmente tem 20 funcionários e é uma das companhias que mantém escritório no InovaBra Habitat, prédio inaugurado em 2018 que concentra startups e departamentos de inovação de grandes empresas mantido pelo banco em São Paulo.