Bahia vai lutar pela sua 3ª estrela na camisa

Pelo menos quatro dos novos reforços do Bahia são esperados nesta quarta-feira no CT do Fazendão

De presidente, o empresário Guilherme Bellitani, e os 100 novos membros do Conselho Deliberativo, o Bahia fez uma transição tranquila e carregada de expectativas para 2018, quando o clube terá um calendário cheio, na disputa de cinco competições: Campeonato Baiano, Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Copa Sul-Americana e Série A do Campeonato Brasileiro.

Para essa maratona de jogos em 201i8, o Tricolor manteve a base da temporada passada, e investiu na volta do técnico Guto Ferreira, que devolveu o time à Série A e conquistou o título da Copa do Nordeste, que volta ao Fazendão projetando grandes conquistas, como uma terceira estrela na camisa Tricolor na disputa de competições como Copa do Brasil e Copa Sul-Americana. Para isso, investiu até agora em quatro contratações pontuais.

“Meu objetivo, meu sonho de consumo é levar o Bahia à disputa da Taça Libertadores da América”, disse Guto Ferreira, projetando grandes ambições por competições como a Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, que garantem vagas brasileiras na competição continental da Conmebol.

Apesar de não ter anunciado nenhum nome oficialmente, a expectativa é de que nesta quarta-feira, dia três de janeiro, todos os nomes especulados se apresentem no CT do Fazendão ao técnico Guto Ferreira. Quatro jogadores já estão acertados: o meia-atacante Élber, o lateral-direito Nino Paraíba e os volantes Elton e Nílton, sendo o último a contratação de maior impacto entre os quatro e certamente desembarca no aeroporto já como titular.

Ainda negociam e podem chegar: O meia Yan Sasse, revelação do Coritiba de 20 anos. O Bahia ofereceu R$ 200 mil pelo empréstimo de um ano com valor fixado, o Coxa quer R$ 500 mil. O zagueiro Iago Maidana, de 21 anos, que pertence ao São Paulo e pode ser envolvido na negociação que levou Jean ao clube do Morumbi – este viria em definitivo. João Pedro, de 21 anos, que estava emprestado pelo Palmeiras à Chapecoense em 2017 e está praticamente acertado com o Esquadrão por um ano. As permanências de Mendoza, Thiago Martins e Allione ainda são incógnitas.

Élber chega do Cruzeiro em definitivo, para isso, o Bahia pagará R$ 500 mil para adquirir 50% dos direitos econômicos do atleta. Seu contrato será de três anos. Revelado na Raposa, o meia-atacante de 25 anos acumula passagens ainda por Coritiba e Sport-PE. No Cruzeiro, participou da campanha dos títulos do Brasileiro de 2013, Mineiro de 2014 e Copa do Brasil de 2017.

Nino Paraíba chega também em definitivo após não renovar contrato com a rebaixada Ponte Preta, o contrato deve ser de um ano. O lateral de 31 anos teve seu maior destaque no rival, Vitória, onde jogou entre 2009 a 2015 e foi tricampeão baiano (2009, 2010 e 2013). Elton, volante de 27 anos, é outro que faz a ponte Campinas – Salvador. Revelado no Internacional, o jogador estava na Ponte Preta desde 2014 e sempre mostrou muita consistência no setor de marcação.

Experiente, o volante de 30 anos acumula passagens por grandes clubes do Brasil. Vasco, Corinthians, Cruzeiro e Internacional. Carrega no currículo três títulos brasileiros, dois pelo Cruzeiro e um pelo Corinthians, além de uma Copa do Brasil pelo Vasco em 2011. Em 2017, estava atuando no Vissel Kobe, do Japão, mas não renovou contrato por lá.

 

 

Veja também