Aeroporto de Salvador pode ganhar voos de baixo custo e mais três destinos internacionais

A Secretaria do Turismo da Bahia (Setur) espera aumentar a oferta de destinos internacionais oferecidos no aeroporto de Salvador em até 50% com os novos contratos que a pasta negocia com uma empresa alemã nesta semana. Durante esse período, o secretário da Setur, José Alves, deve se reunir com mais de uma companhia estrangeira – além da alemã – para aumentar a oferta de destinos europeus partindo de Salvador. As negociações

também incluiriam a oferta de trechos a baixo custo saindo da capital.

Atualmente o Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhaes oferece seis destinos internacionais, lembra José Alves: “A gente já tem a TAP, que faz o trecho para Portugal e Espanha, a GOL com trechos para Argentina e Colômbia, a Latam com Miami e a Copa Airlines que, a partir do Panamá, disponibiliza outros 80 destinos”. Para bater a meta, mais três destinos para a Europa seriam adicionados com o novo contrato.

Para atrair as novas companhias para o estado, a Setur adota como estratégia oferecer vôos com redução de 100% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Com a rodada de conversas, o governo também negocia um fundo de marketing para ativar a marca da Bahia nos países estrangeiros. “Queremos que os aeroportos internacionais propaguem a marca baiana como forma de atrair turistas para o estado”, destacou Alves.

Apesar de estar aberta a novos contratos, o titular da Setur revelou que não está conversando com a Norwegian Air Shuttle, terceira maior companhia aérea de baixo custo que tenta atualmente inserção no mercado Brasileiro. A empresa está sendo disputada por São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará.

JIU JITSU FERNANDO MEIRA