UFC

Weidman coloca Jacaré próximo da disputa do título dos médios do UFC

No Giro Combate desta sexta-feira, o ex-campeão dos médios do UFC, Chris Weidman, bateu um papo exclusivo com a repórter Ana Hissa e falou sobre sua próxima luta, marcada para o dia 8 de abril, em Buffalo, quando enfrenta Gegard Mousasi. O lutador americano chegará ao UFC 210 vindo de duas derrotas seguidas, e destacou a calma do adversário iraniano.

– Acho que ele é um cara experiente, se mantém calmo ali dentro. Bem completo (…). Acho que é ir lá e bater nele, dar muita pressão, tentar nocauteá-lo, derrubá-lo, finalizá-lo, todas essas coisas boas.

Weidman também falou sobre a concorrida divisão peso-médio do UFC, que tem hoje Michael Bisping como dono do cinturão. Ele acredita que o cubano Yoel Romero deve ser o próximo desafiante, e aposta nela diante do campeão inglês. Além disso, colocou Ronaldo Jacaré como o desafiante seguinte.

– Sei que Bisping passou por cirurgia, Yoel Romero é o próximo desafiante. Provavelmente Bisping não quer lutar, acho que ele quer segurar o cinturão o máximo possível, acho que são todas lutas duras para ele na divisão, não sei o que está acontecendo com ele. No que diz respeito aos brasileiros, não sei. Quem está falando? Jacaré? Acho que depois que Yoel Romero vencer Bisping o Jacaré provavelmente é o próximo. Eu acho que ele (Jacaré) definitivamente pode bater Bisping. Desde que ele não entre no meu caminho está tudo bem.

Ronaldo Jacaré é forte favorito na disputa pelo título.

No mesmo Giro Combate, Rafael dos Anjos fala sobre a decisão de subir para os meio-médios e pede para lutar no UFC Rio, em junho. Lyoto Machida fala sobre o tempo asfastado do octógono após a suspensão da Usada e mostra a Escola Machida Carate, inaugurada em novembro, na Califórnia. Fabricio Werdum comenta ainda sua luta contra Ben Rothwell.

 

 

 

Veja também