Vitória vira o jogo no Barradão, mas cede o empate nos acréscimos

Rubro-Negro foram marcados por Yago e Neílton – que balançou a rede duas vezes – Foto: Raul Spinassé | Ag. A Tarde

Em uma disputa entre líder e vice-lider, o Vitória, que na noite deste domingo, 11, encarou o ABC – atual cabeça do grupo B, – conseguiu a virada da partida, mas cedeu o empate nos 47 minutos do segundo tempo. A 4ª rodada da Copa do Nordeste, realizada no Barradão, terminou com o placar de 3×3.

Os gols do Rubro-Negro foram marcados por Yago e Neílton – que balançou a rede duas vezes. Fessin, Higor Leite e Lauder Perez marcaram para o ABC.

Jogo

Em uma partida de grande movimentação, o ABC mostrou porquê é líder do grupo B. Em menos de dez minuto do primeiro tempo, o time alvinegro marcou duas vezes, com gols de Fessin e Higor Leite, aos 3 e 8 minutos, respectivamente. Uma falta de marcação do lateral Lucas, em cima de Maxwel, resultou em um pênalti para o time visitante – 1×0 ABC.

O segundo lance, também ocasionado por falha no setor defensivo, permitiu que o alvinegro ampliasse o placar. Bryan, Uillian Correia e Bruni Bispo não conseguiram conter a jogada de Higor Leite, que marcou 2×0.

Apesar do placar, o Vitória não fazia um jogo ruim, mas não se encontrava nas finalizações. Foram várias tentativas de arressos para o gol, feitas, principalmente por Denílson, Nickson, Bryan, Neílton e André Lima, mas, as defesas sensacionais do goleiro adversário impediam que a bola entrasse.Mesmo diante de todas as tentativas, o Vitória saiu de campo, no primeiro tempo, perdendo por 2×0.

Após o intervalo de 15 minutos, quando os times retornaram para os gramados, a equipe de Vagner Mancini apesar de ter voltado sem modificações no elenco, veio com mais movimentações, força no ataque e atenção no setor defensivo. Aos 8 minutos, depois de um belo passe de Neílton, Yago abriu o placar paar o Leão, 2×1.

O primeiro gol do Rubro-Negro serviu para dar mais ânimo ao time, que com mais velocidade, corria para pelo menos empatar o jogo. foi o que aconteceu, aos 15 minutos, Neílton cobrou um pênalti e igualou o placar no Barradão, 2×2. O empate ainda não era o resultado para o Vitória que corria contra o tempo para virar o jogo. E virou, aos 31 minutos,Neílton outra vez balançou as redes. Porém, a tão esperada virada, foi apagada aos 47 minutos com o gol de Lauder Perez que deixou tudo igual no Barradão, 3×3.

Sob supervisão da editora Maiara Lopes | A Tarde
JIU JITSU FERNANDO MEIRA