Vendas do varejo baiano crescem 0,7% de janeiro para fevereiro

Resultado foi o melhor para um mês de fevereiro desde de 2010 (0,9%).

Em fevereiro, as vendas do varejo na Bahia voltaram a crescer (0,7%) em relação ao mês anterior, na série livre de influências sazonais, após dois recuos consecutivos (-0,2% em janeiro e -8,8% em dezembro/18). O dado é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nessa comparação, o resultado do varejo baiano foi o melhor para um mês de fevereiro desde de 2010 (0,9%) e igualou o desempenho de 2012.

Foi também superior ao do país como um todo, onde o comércio varejista ficou estável (0,0%) em fevereiro, com quedas nas vendas em 15 dos 27 estados, destacando-se Paraná (-1,5%), Distrito Federal (-1,1%) e Piauí (-1,1%).

O resultado também foi positivo para a Bahia na comparação com fevereiro de 2018. As vendas do varejo cresceram 5,7%, num resultado significativamente acima da média nacional (3,9%) e o melhor para o mês, no estado, desde 2014 (15,8%).

Nesse confronto, houve predomínio de resultados positivos, que atingiram 22 das 27 unidades da Federação, com destaque para Espírito Santo (12,6%), Acre (9,0%) e Pará (8,2%).

Com o crescimento no mês, as vendas do varejo baiano acumulam alta de 2,5% no ano de 2019 e mostram uma variação positiva de 0,5% nos 12 meses encerrados em fevereiro. Em ambos os casos, porém, o desempenho ainda está abaixo do verificado no país como um todo, onde as taxas são de 2,8% e 2,3% respectivamente.