UFC: Anderson Silva diz que disputará cinturão se vencer Israel Adesanya e crê em luta contra McGregor

Anderson Silva chuta durante o UFC 208 Getty Images

O retorno de Anderson Silva ao Ultimate Fighting Championship já tem data e local. No dia 9 de fevereiro, na Rod Laver Arena, em Melbourne, o brasileiro enfrentará o neozelandês Israel Adesanya pelo card do UFC 234. E se vencer, terá a chance de voltar a lutar pelo cinturão!

O ‘Spider’ vem de dois anos parado e logo terá pela frente um adversário invicto, uma vez que o atleta nascido na Nigéria tem cartel de 15 vitórias e nenhuma derrota no MMA, sendo 13 por nocaute.

A principal luta do UFC 234 será entre o atual campeão dos pesos médios, Robert Whittaker, contra Kelvin Gastelum. E o vencedor deste confronto enfrentará no futuro justamente quem sair triunfante da luta preliminar entre o brasileiro e o neozelandês.

“Eu perguntei ao Dana: ‘O que eu vou ganhar com essa luta?’. E ele me respondeu: ‘Se você vencer, vai lutar pelo cinturão’”, afirmou Anderson Silva à ESPN dos Estados Unidos. “É um grande desafio para mim. Israel é um cara jovem e o futuro do esporte. Todos estão falando do Israel. Acho que é essa a melhor luta do esporte”, declarou.

Anderson Silva contra McGregor?

Uma luta muito desejada pelos fãs do UFC é entre o irlandês Conor McGregor e Anderson Silva. Apesar da diferença de peso, o ‘Spider’ mostrou interesse.

“Em princípio, falei com o Dana sobre uma luta com o McGregor, porque ele me desafiou. Talvez essa seja minha segunda luta depois do retorno. Veremos”, afirmou.

O mesmo, entretanto, não se pode dizer de um hipotético confronto diante de Georges St. Pierre.

“É uma luta interessante, mas o Georges nunca aceitou o desafio”, disse Anderson. “Ele só corre, corre e corre. É uma loucura. Não acho que ele queira a luta, mas tudo bem. Eu o respeito. Ele é um grande lutador. Talvez só tenha uma visão diferente, de aceitar as lutas fáceis. Eu não sou assim. Eu gosto dos grandes desafios na minha vida.”

JIU JITSU FERNANDO MEIRA