Três suspeitos de roubo a banco são mortos em confrontos com a polícia

Ação aconteceu em Simões Filho, Capim Grosso e Ibirapitanga.

Uma quadrilha envolvida em assaltos a banco, roubos de cargas, extorsões mediante sequestro e homicídios está na mira da Polícia Militar, Civil e Federal. Nesta quarta-feira (21), a operação Rodotec foi deflagrada visando desarticular o grupo criminoso, que agia principalmente na região do sul e baixo sul do estado, em cidades como Camamú, Igrapiúna, Ibirapitanga, Ilhéus e Valença. No primeiro dia da ação, três homens identificados como membros da quadrilha foram mortos.

Nesta quarta-feira (21), ações simultâneas foram realizadas em três cidades: Simões Filho, Capim Grosso e Ibirapitanga. De acordo com o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Flávio Góis, um dos principais integrantes da quadrilha, conhecido como “Bruno de Igrapiúna”, foi localizado no momento em que se reunia com outros suspeitos para organizar um assalto a banco, no bairro Ponto Parada, em Simões Filho.

Durante a localização de Bruno, houve troca de tiros e ele foi atingido, sendo socorrido para o Hospital Municipal da cidade. Ele não resistiu aos ferimentos. Com ele, os policiais alegam ter encontrado uma pistola calibre 938. Um militar foi atingido por estilhaços de tiros e foi atendido na mesma unidade de saúde.

“Júnior Pedreiro” também foi identificado durante a operação, mas na localidade de Itamarati. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), ele teria resistido à abordagem policial, disparando contra eles, e foi atingido durante a troca de tiros, sendo encaminhado para o Hospital do município e também não resistiu aos ferimentos.

No município de Capim Grosso, um bloqueio rodoviário foi realizado com a intenção de prender “Del de Igrapiúna”, também identificado como integrante do grupo criminoso, que estava em um veículo Fiat Pálio. Na abordagem, ele teria tentado fugir e colidido contra um muro na chácara. Ao descer do carro, Del de Igrapiúna atirou contra os policiais e foi baleado. De acordo com a polícia, ele foi levado para a Unidade Pronto de Atendimento (UPA) e também não resistiu aos ferimentos. Os policiais encontraram um revólver calibre 38 com ele.

 

Veja também