‘Tira as crianças’, gritou motorista de van escolar antes de morrer

Veículo foi atingido por uma árvore em Belo Horizonte na noite da última quinta-feira (6)

O motorista da van escolar que foi atingida por uma árvore na Região Centro-Sul de Belo Horizonte na noite desta quinta-feira (6) pediu que testemunhas tirassem as crianças de dentro do veículo. Ranur Pierre da Silva Carneiro morreu logo após o pedido.

Henrique de Oliveira, de 22 anos, foi primeira pessoa a chegar perto da van após o acidente. O jovem relatou ao G1 como foram os últimos instantes da vida do motorista.

“Eu estava dentro do ônibus e eu escutei o barulho e viu umas explosões. Olhei pela janela e vi as árvores caídas e os carros. Eu falei com o motorista que eu era socorrista de resgate, pedi para ele abrir a porta. Cheguei, olhei a situação. Escutei o barulho dos meninos gritando dentro da van, aí escutei o motorista gritando para eu tirar as crianças”, explicou.

“Tira as crianças, tira as crianças, e quando cheguei perto dele, ele não tinha mais pulso”, completou.

As cinco ciranças que estavam no veículo foram retiradas com vida e passam bem, segundo informou o pai de uma delas. “Eles não têm consciência do que infelizmente aconteceu com o motorista. Meu filho tá bem, tá ileso, nenhuma criança sofreu arranhão, nenhuma com semblante de que está em estado de choque, todas estão bem”, afirmou Arthur Brant.

O trabalho de resgate durou cerca de três horas. O motorista ficou preso às ferragens, e a morte foi confirmada por volta das 21h 40. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

JIU JITSU FERNANDO MEIRA