Sétima seguida! Elizeu Capoeira finaliza no primeiro round no UFC Wichita

Elizeu ‘Capoeira’ pediu, ao longo de suas últimas lutas, uma chance em um card principal do UFC. E, na primeira oportunidade que recebeu, fez valer: o brasileiro não deu qualquer chance a Curtis Millender e, depois de passar metade do primeiro round dominando o adversário no chão, conseguiu um mata-leão que encerrou precocemente a luta principal do UFC Wichita, neste sábado (9).

‘Capoeira’ não perdeu tempo: na primeira troca de golpes, aproveitou uma brecha do oponente – perigoso striker – para levá-lo ao solo. E, lá, o brasileiro não deixou Millender escapar. O americano conseguiu fugir da montada, mas logo cedeu as costas. Elizeu, faixa-preta de Cristiano Marcello, seu treinador na CM System, fez jus ao status e conseguiu a finalização. Com a vitória, o paranaense alcançou a segunda melhor sequência de vitórias dos meio-médios (77 kg), com sete, empatando com Santiago Ponzinibbio. O único a superá-los é Kamaru Usman, que sustenta dez triunfos consecutivos.

O card principal foi aberto pelo duelo peso-médio (84 kg) entre Tim Boetsch e Omari Akhmedov. O russo usou muito a luta de grade para cansar os braços do rival, que é conhecido pela pouca técnica e pela força dos seus golpes. Depois, mais rápido e com golpes mais variados, Omari frustrou ‘The Barbarian’ e deixou o rosto do oponente sangrando. O rendimento superior foi recompensado pelo resultado favorável na papeleta dos juízes. Com o resultado, Akhmedov chegou a quatro lutas de invencibilidade, enquanto Tim sofreu a segunda derrota consecutiva.

Em seguida, Beneil Dariush demorou a se encontrar diante de Drew Dober. No assalto inicial, abusou das tentativas de levar o americano para a isometria na grade e, a despeito de ter um muay thai muito bom, levou alguns golpes duros. Nos cinco minutos posteriores, entretanto, o iraniano mudou a estratégia e ganhou com isso. Logo de cara, conseguiu uma queda e evoluiu para a montada. Após passar para as costas e sofrer uma inversão, obteve novamente a posição de superioridade e partiu para uma chave de braço firme, que encerrou o duelo.

Em um confronto bastante equilibrado, os pesados Blagoy Ivanov e Ben Rothwell não entregaram o nocaute que todos esperam nos duelos da categoria, mas fizeram um confronto interessante. O búlgaro, menor na altura e na envergadura, começou tendo dificuldades de achar a melhor distância, mas, aos poucos, começou a acertar os melhores golpes. Embora tenha perdido o primeiro round, os cruzados de canhota ajudaram a desequilibrar o combate no segundo e terceiro assaltos. Com isso, Ivanov, que estreou no UFC com derrota no ano passado para Júnior ‘Cigano’, conquistou seu primeiro triunfo na maior organização de MMA do mundo.

O nocaute que não veio entre os gigantes apareceu entre os meio-médios Tim Means e Niko Price. Os dois fizeram um confronto bastante aberto, tanto que, na primeira troca de golpes, Means sentiu e levou o rival para o chão. Ali, tomou a frente no combate e manteve a boa performance em pé. Com mãos rápidas, vinha se dando ao luxo de abalar Price até com tapas. Mas, em um contra ataque, Niko apagou ‘Dirty Bird’ que, para piorar, contorceu brutalmente o tornozelo na queda. ‘The Hybrid’ mostrou muita emoção e pediu para ganhar o prêmio de 50 mil dólares (equivalente a R$ 193 mil) como melhor performance da noite.

Confira os resultados do UFC Wichita:

Pesado | Júnior ‘Cigano’ venceu Derrick Lewis por nocaute (socos) a 1min58s do 1º round

Meio-médio (77 kg) | Elizeu ‘Capoeira’ venceu Curtis Millender por finalização (mata-leão) a 2min35 do 1º round

Meio-médio (77 kg) | Niko Price venceu Tim Means por nocaute a 4min50s do 1º round

Pesado | Blagoy Ivanov venceu Ben Rothwell por decisão unânime (29-28, 29- 28, 29-28)

Leve (70 kg) | Beneil Dariush venceu Drew Dober por finalização (triângulo) a 4min41s do 2º round

Médio (84 kg) | Omari Akhmedov venceu Tim Boetsch por decisão unânime (30- 27, 30-27, 30-27)

Card preliminar

Meio-médio (77 kg) | Anthony Rocco Martin venceu Sérgio Moraes por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)

Galo feminino (61 kg) | Yana Kunitskaya venceu Marion Reneau por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)

Pena (66 kg) | Grant Dawson venceu Julian Erosa por decisão unânime (30-26, 30-27, 29-27)

Pesado | Maurice Greene venceu Jeff Hughes por decisão dividida (29-28, 28- 29, 29-28)

Galo (61 kg) | Matt Schnell venceu Louis Smolka por finalização (triângulo) 3min18s do 1º round

Meio-médio (77 kg) | Alex Morono venceu Zak Ottow por nocaute técnico a 3min34s do 1º round

Leve (70 kg) | Alex White venceu Dan Moret por decisão unânime (triplo 29-28)