Seminário de Formação Continuada reúne gestores escolares

Semin%C3%A1rio-de-Forma%C3%A7%C3%A3o-Continuada-re%C3%BAne-gestores-escolares Seminário de Formação Continuada reúne gestores escolares

Diretores, coordenadores pedagógicos e professores da rede estadual, de Salvador e região metropolitana, estão reunidos no Instituto Anísio Teixeira até o final do dia desta segunda-feira (18) para participar do Seminário Territorial de Formação Continuada – Saberes e Fazeres. Esta é uma ação da Secretaria de Educação do Estado para promover a troca de experiências e boas práticas entre os educadores baianos. A expectativa é que, até o próximo ano, cerca de seis mil profissionais da educação sejam alcançados pela iniciativa em toda a Bahia. 

O secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, participou da abertura do evento e destacou que nesta edição a novidade fica por conta da participação dos estudantes, que integram uma das mesas de discussão do seminário. “A partir da escuta realizada neste seminário, nós realizaremos o planejamento para 2020. Os encontros foram iniciados em abril. Hoje chegamos ao sexto encontro e trouxemos uma inovação, que é participação dos estudantes. No período da tarde receberemos alunos da rede estadual para fazer uma escuta do que eles têm a nos dizer. Estamos consolidando o processo de formação no estado e buscamos unificar nossa educação. Para isso, estamos realizando, em paralelo, dois processos de formação continuada, em conjunto com a rede municipal de Educação”, ressaltou.

Entre os objetivos da Secretaria de Educação do Estado está o fortalecimento do processo de aprendizagem dos estudantes, com atenção especial para aqueles que estão entre o 6º ano e o Ensino Médio. Até o momento, 3.335 educadores já participam dos seminários nos Núcleos Territoriais de Educação nos Territórios de Identidade Portal do Sertão, Sisal, Litoral Norte, Seabra e Metropolitano de Salvador. No próximo ano, o processo de formação continuada também será realizado com professores que atuam na Educação a Distância (EAD).

A diretora-geral do Instituto Anísio Teixeira, Cybele Amado de Oliveira, explica que a seminário é fruto de um trabalho que vem sendo realizado ao longo de seis meses e agora é o momento de apresentação dos registros e apresentação das práticas implantadas nas unidades de ensino. “A realização destes seminários é, sim, uma inovação na educação baiana para discussão das práticas pedagógicas com o envolvimento de todos os atores desse processo. Para embasar esse trabalho, realizamos quatro encontros formativos ao longo desse ano e nossa expectativa para 2020 é conseguir realizar dois seminários por território de identidade”.

Para Paulo Silva, diretor do Colégio Edson Carneiro, localizado no bairro de São Caetano, o seminário é uma oportunidade de aperfeiçoamento do trabalho que vem sendo realizado. “Aqui temos profissionais que passam pelos mais variados tipos de experiências e, ao compartilhá-las, conseguimos melhorar nossa atividade e atender melhor a nossa comunidade escolar”.

Repórter: Jairo Gonçalves / Secom /BA

Outubro Rosa - A gente abraça essa luta
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE