NOVA BAHIA 2024

Salvador terá esquema de segurança para a Lavagem do Bonfim; confira

Mais de 2 mil policiais e 102 câmeras de monitoramento estarão espalhadas no circuito

Ação foi detalhada pelo titular da Secretaria de Segurança Pública, Marcelo Werner, em coletiva no COI – Foto: Divulgação | SSP-BA

Os quase sete quilômetros percorridos pelos devotos de Senhor do Bonfim, nesta quinta-feira, 11, terá um esquema de segurança especial. A ação foi detalhada pelo titular da Secretaria de Segurança Pública, Marcelo Werner.

Em coletiva realizada na sede do Centro de Operações e Inteligência (COI), o secretário destacou o número de efetivos que estarão nas ruas acompanhando os fiéis na procissão e o investimento da pasta, a partir do engajamento.

“Já está tudo pronto, amanhã a gente começa a atividade. Começou a atividade, mas amanhã será de forma mais intensa, com todo o efetivo na rua. São cerca de 2 mil policiais e bombeiros engajados nessa ação. O Graer estará realizando o patrulhamento aéreo durante o evento. Teremos o investimento a partir do engajamento desses 2 mil policiais e bombeiros de R$ 680 mil. Investimento em escala, equipamento e logística. Tudo isso para que a gente possa garantir a segurança dessa tão esperada festa da nossa cidade”, afirmou.

Werner também falou sobre o uso da tecnologia em favor da segurança pública. Além das câmeras, o sistema de reconhecimento facial e outros equipamentos serão utilizados.

“Tecnologia sempre nos acompanha, são 102 câmaras espalhadas ao longo do circuito, sendo 15 dessas de reconhecimento facial. Uso de drones pelas forças de segurança. Ativação do centro de comando e controle, onde 16 órgãos municipais, estaduais, agências, investidores de serviço, permanecem desde o início até o final da operação”, completou.

Por fim, o secretário abordou a distribuição dos postos espalhados pelo circuito. “Nossa estrutura são três delegacias especiais diárias criadas ali ao longo do percurso, reforço na delegacia de turismo, reforço na terceira delegacia, cerca de 25 postos elevados de observação da Polícia Militar, quatro postos de reunião de tropa distribuídos ao longo de todo o percurso. Corpo de Bombeiros com patrulhamento marítimo, embarcação na região, a Polícia Militar também”.

SIEL GUINCHOS

Veja também

GOVERNO DA BAHIA