Rússia bombardeia dois navios atracados no Mar Negro, na Ucrânia; veja vídeo

ODESSA — O governo da Ucrânia informou que duas embarcações atracadas no Mar Negro, perto do porto de Odessa, foram bombardeadas por militares da Rússia nesta sexta-feira. Os cargueiros tinham bandeiras da Moldávia e do Panamá. Os ataques ocorreram um dia após o início da ofensiva russa sobre o território ucraniano.

Os bombardeiros foram confirmados pelo Ministério da Infraestrutura da Ucrânia. Um dos alvos foi o navio de bandeira moldava, o Millennial Spirit. A embarcação transportava 600 toneladas de diesel no momento do ataque de um navio militar russo.

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram o Millennial Spirit após o bombardeio. O navio foi completamente tomado pelas chamas.

A agência naval da Moldávia informou que a tripulação do Millennial Spirit era russa e que dois deles ficaram gravemente feridos. A nota diz ainda que a embarcação estava em “águas neutras” no Mar Negro e foi atingido por um míssil.

“Um incêndio começou a bordo do navio; os equipamentos e botes salva-vidas foram destruídos”, diz o comunicado. “A tripulação do navio deixou o navio equipada apenas com coletes salva-vidas”.

As operações de resgate foram realizadas por autoridades ucranianas. Segundo a agência moldava, a embarcação era operada por uma entidade legal ucraniana.

A embaixada da Ucrânia no Reino Unido comentou os ataques. A representação diplomática ucraniana classificou o bombardeiro como “outro crime russo” que ameaça a segurança da navegação comercial no Mar Negro.

“Navios navais russos não apenas lançaram ataques aéreos ou tiros de morteiro que atingiram instalações portuárias civis em Odessa e Mariupol, mas também navios comerciais ancorados na costa da Ucrânia ou se aproximando de nossos portos”, diz o texto.

O Ministério da Infraestrutura da Ucrânia também informou que o cargueiro Namura Queen foi atingido por mísseis russos nesta sexta-feira. A embarcação pegou fogo após ser atingida, mas um navio rebocador prestou socorro e a situação foi controlada.

“De acordo com as informações do controle de tráfego e do serviço da Capitania dos Portos às 12h55 no ponto de ancoragem nº 358, um foguete atingiu a popa do Namura Queen”, informou o agente marítimo ucraniano.

Na véspera, o navio turco Yasa Jupiter também foi bombardeado no Mar Negro. A informação foi confirmada pela Direção-Geral de Assuntos Marítimos da Turquia. De acordo com o órgão turco, a embarcação foi atingida por uma bomba na costa da cidade portuária de Odessa, na Ucrânia.

Não houve vítimas. Segundo as autoridades turcas, o navio seguiu em segurança para águas romenas após o bombardeio.

“Após a informação de que o navio Yasa Jupiter, de propriedade turca, com bandeira das Ilhas Marshall, foi atingido por uma bomba na costa de Odessa, soube-se que o navio não tem pedido de ajuda, está a caminho das águas romenas, não tem vítimas e está seguro”, informaram as autoridades turcas.