Ronda Escolar realiza palestra sobre bullying em escola da rede estadual

O combate ao bullying levou uma equipe do projeto Ronda Escolar da Polícia Militar da Bahia para discutir o tema com estudantes do ensino médio, no Colégio de Aplicação Anísio Teixeira, em Salvador, nesta sexta-feira (20). Durante o debate com os alunos foram abordadas a importância de conviver com as diferenças e as consequências para quem sofre e pratica esse tipo de violência.

A equipe da Polícia foi acionada pela direção da unidade de ensino, após a ocorrência de uma situação de bullying. A subcomandante da Ronda Escolar da PM, capitã Carla Souza, explicou que o trabalho é realizado em parceria com as escolas públicas e privadas da capital baiana e pode abordar diversos temas.

“O trabalho da ronda escolar é trazer, ampliar e potencializar a segurança à comunidade escolar. A proposta é que a ação da polícia possa ocorrer de forma parceira com a escola, a família e demais órgãos que compõem o sistema de segurança das unidades de ensino. Hoje, viemos discutir essa temática, para debater sobre essas situações e reestabelecer as relações interpessoais que ficaram abaladas em função desse ocorrência de bullying na escola”, esclareceu.

De acordo com dados divulgados pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) de 2015, um em cada dez estudantes brasileiros é vítima de bullying, ato caracterizado por intimidação e violência física ou psicológica praticado, geralmente, em ambiente escolar. O soldado Nei Cléber, responsável pela palestra no Colégio Anísio Teixeira, lembrou que “a família deve ficar atenta aos sinais dos jovens, que pode ser caracterizado pela mudança de comportamento, e buscar o diálogo com a escola para resolver o problema”.

A diretora do Colégio, Valdeci Estrela, destacou que a parceria com a Polícia Militar já faz parte da proposta pedagógica da instituição. “Estamos enfrentando casos de bullying e ciberbullying na nossa escola e a gente precisa mostrar para os jovens que esta não é a postura correta. A Polícia nos oferece essa oportunidade de conscientização dos nossos estudantes, para que eles ampliem seus horizontes e a compreensão de que este não é um ato correto com o outro, e nem com ele próprio”.

A equipe da Ronda Escolar realiza uma média de 25 palestras por mês nas instituições de ensino. Mais informações podem ser obtidas por meio dos telefones (71) 3116 4830 / 4828 ou pelo e-mail coppm.rondaescolar@pm.ba.br . Um canal de denúncias anônimas sobre situações de violências ou outros crimes dentro das unidades de ensino também está disponível a partir do aplicativo Whatsapp: 71 99982 2142.

JIU JITSU FERNANDO MEIRA