NOVA BAHIA 2024

Reconhecimento Facial bate marca de 1.600 foragidos da Justiça alcançados

Cerca de 60% dos presos pela tecnologia eram procurados por roubo, homicídio, tráfico e estupro.

Foto: Ascom SSP

Desde sua implementação, o Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública já localizou mais de 1.600 foragidos da Justiça. Nesta segunda-feira (27), duas prisões foram realizadas após alertas da ferramenta.

Os indivíduos capturados, um procurado por roubo e outro por sequestro, foram identificados pelos pontos monitorados em Salvador e Camaçari. As equipes do 12⁰ Batalhão de Polícia Militar e da 2ª CIPM, acionadas pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom), efetuaram as prisões, encaminhando os infratores à Polinter para o cumprimento dos mandados.

De janeiro a maio deste ano, a tecnologia contribuiu para a captura de 347 criminosos em várias cidades baianas. “Mais de 60% dos presos com o auxílio da ferramenta eram procurados por tráfico, homicídio, roubo e estupro”, lembrou o secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner.

Veja também

GOVERNO DA BAHIA