Protestos dos caminhoneiros são encerrados em seis cidades na Bahia

A PRF informou que não existem mais pontos de bloqueio nas rodovias que cortam o estado.
Protestos dos caminhoneiros são encerrados em seis cidades na Bahia

Todos os pontos de interdição na rodovias baianas, em consequência da paralisação nacional dos caminhoneiros, já foram liberados. Na tarde desta quarta-feira (30) caminhões já trafegavam sem escoltas nas estradas federais e estaduais do estado. Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, não existem mais pontos de bloqueio nas rodovias que cortam o estado.

As desobstruções ocorreram de forma coordenada com a Polícia Rodoviária Federal, o Exército Brasileiro, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiro dentre outras. Durante os 10 dias de manifestações não houve registro de nenhum incidente grave. Segundo a PRF, as ações buscaram garantir a fluidez do trânsito, restabelecer a operação de serviços essenciais, como aeroportos e hospitais.

Os protestos foram encerrados em seis cidades. Durante a tarde, em Feira de Santana, equipes da Companhia de Controle de Tumulto e Distúrbio Civil do Choque nem precisaram atuar.

Na BR-116, no KM 01, próximo da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), os dois pontos de manifestação foram desocupados e barracas e banheiros químicos começaram a ser retirados. Guarnições das 65ª e 66ª Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPMs) ocuparam os locais após desmobilização.

Em Itatim, Eunápolis, Itaberaba e Itacaré negociações também encerraram as manifestações e os caminhões já circulam livremente. Desde o início da paralisação até a manhã desta quarta-feira 101 multas foram aplicadas, nas rodovias estaduais, para os motoristas que, mesmo após advertência, permaneceram com veículos estacionados em acostamentos.

JIU JITSU FERNANDO MEIRA