Presidente da APLB rebate declaração de Bruno Reis: “Tenta tirar o foco da educação”

Foto: Divulgação / DEM

O presidente da APLB Sindicato dos Professores, professor Rui Oliveira, rebateu as declarações do prefeito Bruno Reis (UB), que mais cedo, nesta terça-feira (24), sugeriu que o movimento de greve da categoria pode ter cunho político.

Ao portal Bnews, Rui Oliveira reforçou que todo movimento “é político”, e frisou que não é apenas a área da educação que está em greve, mas também outros setores ligados ao município. Os professores da rede municipal de ensino entraram em estao de greve desde a última quinta-feira (19), após assembleia.

Rui Oliveira ainda disse que a postura de Bruno é uma tentativa de tirar o foco do problema, que é a educação.

“Todo movimento grevista é político. E a greve não está ocorrendo apenas na educação, mas em outros setores que fazem parte da gestão municipal. Ao invés de cuidar da educação, a prefeitura tenta tirar o foco da discussão. No caso dos profesores do Estado, após seis anos sem reajustes, fizemos o maior movimento da história da educação, no dia 16 de março. E conseguimos o reajuste, diferente do que aconteceu com a rede municipal”, disse o professor.

A categoria pede um reajuste salarial de 33,24%, o que a Prefeitura hoje afirma que não pode pagar.