Porta-voz do Departamento de Estado dos EUA defende urnas eletrônicas

Representante do governo americano atesta confiança no sistema eleitoral brasileiro

Porta-voz afirmou que eleições brasileiras são um sucesso e servem de modelo para outras nações – Foto: CAROLYN KASTER / AFP

A reunião do presidente Bolsonaro com embaixadores na última segunda-feira, 18, continua rendendo dividendos. Mas, ao contrário do que poderia esperar o chefe do executivo, a repercussão é negativa. Nesta quarta, 20, o porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Ned Price, foi mais um a rebater as suspeitas levantadas pelo presidente quanto às urnas eletrônicas.

Durante pronunciamento à imprensa em Washington, Price destacou a confiabilidade do sistema eleitoral brasileiro e afirmou que que as eleições no Brasil têm sido conduzidas “com sucesso” por um sistema “capacitado e testado ao longo do tempo”.

Sobre a reunião do presidente Jair Bolsonaro com embaixadores, o porta-voz americano disse conversar “desde o ano passado” sobre a segurança eleitoral do Brasil e afirmou que o sistema eleitoral brasileiro “serve de modelo para nações não só no hemisfério, mas além também”, e disse que o governo americano vai “acompanhar as eleições em outubro com grande interesse e total expectativa de que serão conduzidas de maneira livre, justa e com credibilidade”.

“Isto é algo que conversamos, desde o ano passado, em privado, com altos funcionários brasileiros, mas também tornamos nossa posição conhecida publicamente. Nosso ponto é que as eleições têm sido conduzidas pelo sistema eleitoral brasileiro, capacitado e testado ao longo do tempo, e pelas instituições democráticas com sucesso há muitos anos”.