GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

PF investiga golpes em nome de juízes, promotores e advogados

A Ouvidoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) identificou, num período de 10 anos, 252 casos em que golpistas, se passando por juízes, promotores e advogados, ligaram para pessoas com ações judiciais em curso anunciando o ganho da causa e pedindo o imediato depósito de valores para cobrir custas processuais. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Segundo a coluna, eles prometiam liberar o montante reclamado no processo. A maioria das vítimas são servidores aposentados. A Polícia Federal investiga os casos.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia