UFC 213

Pelc da Bahia inicia atividades nos 100 núcleos em novembro. Jiu Jitsu está incluso.

Foi publicada, no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (31), a ordem de início do Programa Esporte e Lazer da Cidade (Pelc – Bahia). Com mais essa etapa cumprida, os cerca de 40 mil baianos de 78 municípios poderão iniciar, já nos próximos dias de novembro, as atividades esportivas, culturais e de lazer oferecidas pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).
Neste momento, a equipe técnica da Sudesb está mobilizada em fazer a entrega de todo o material esportivo para cada um dos 100 núcleos previstos pelo projeto, em 25 Territórios de Identidade do Estado. Cada núcleo irá atender 400 pessoas, o que significa um total de 40 mil baianos beneficiados diretamente no estado pelo programa.
Para execução do Pelc-Bahia, a Sudesb firmou parceria com o Ministério do Esporte, por meio de convênio, com investimento firmado no valor de R$18,2 milhões.
 
Capacitação 
Entre agosto e setembro, a Sudesb capacitou os 70 coordenadores e mais 420 agentes de lazer que estarão nos núcleos ministrando as aulas.  O Pelc-Bahia vai proporcionar aos participantes, durante 20 meses, atividades esportivas, culturais de lazer, atendendo pessoas com ou sem deficiência, buscando estimular a convivência social nas comunidades e municípios.
O Pelc contempla atividades de alongamento, caminhada, ginástica; vôlei, handebol, basquete, futebol e futsal; karatê, judô, jiu-jitsu, hapkido, natação e canoagem; música, coral teatro, artesanato, filmes/fotografia, dança, capoeira, leitura infantil e brinquedoteca; recreação, dama e xadrez.
Fonte: Ascom/Sudesb

Veja também