NOVA BAHIA 2024

Paralisação dos professores marca semana de volta às aulas em Piraí do Norte

O embate entre à categoria e o gestor se arrasta desde 2022, quando a lei do piso foi aprovada; há indicativo de greve.

Parte dos professores da rede municipal de ensino de Piraí do Norte, paralisaram às atividades na última terça-feira, (05), reivindicando o pagamento do piso salarial, ainda não cumprido pelo prefeito Ulysses Veiga. O embate entre à categoria e o gestor se arrasta desde 2022, quando a lei do piso foi aprovada. 

Essa foi a segunda manifestação mais ofensiva dos professores. Em 2023, os docentes já haviam advertido Ulysses com uma manifestação em frente ao prédio da prefeitura, mas sem retorno positivo. 

A informação é de que já existe um indicativo de greve, caso não haja um acordo entre às partes. Os professores reclamam ainda de um lançamento feito pela administração municipal no Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, referente ao retroativo de 7,5%. 

Ainda na terça-feira, à prefeitura de Piraí do Norte enviou um ofício a APLB, alegando insuficiência de recursos financeiros para o pagamento exigido pelos profissionais.  

SIEL GUINCHOS

Veja também

GOVERNO DA BAHIA