Palmeiras goleia Vitória na estreia de Carpegiani

Atacante palmeirense marcou dois, e Dudu fechou o placar no Barradão.

O Palmeiras voltou a ganhar como visitante pelo Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo. Com Deyverson inspirado, o time alternativo armado pelo técnico Luiz Felipe Scolari bateu o Vitória por 3 a 0 e triunfou longe de casa após série de quatro jogos (três empates e uma derrota).

Com 33 pontos ganhos, o Palmeiras figura na sexta posição. O Internacional, atual primeiro colocado do Campeonato Brasileiro, contabiliza 38 pontos. Já o Vitória, agora sob o comando de Paulo César Carpegiani, fica com 19 pontos no 17º lugar, o primeiro dentro da zona de rebaixamento.

Pela 20ª rodada do torneio nacional, às 21 horas (de Brasília) desta quarta-feira, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Botafogo, no Allianz Parque. Já o Vitória, às 19h30 de quinta, encara o Flamengo em um duelo de rubro-negros, no Estádio do Maracanã.

O jogo – O Palmeiras mandou no jogo desde o início e conseguiu inaugurar o marcador logo aos 10 minutos da etapa inicial. Marcos Rocha recebeu lançamento de Dudu pela direita e, inteligentemente, ajeitou para Deyverson. Da entrada da área, o atacante finalizou com precisão.

Em uma jogada iniciada pelo lado direito, o Vitória chegou ao de forma consistente ao ataque pela única vez no primeiro tempo. Após cruzamento de Erick, Gomez cortou. Na sobra, Rodrigo Andrade chutou para defesa de Weverton. Neilton pegou o rebote e foi desarmado por Marcos Rocha.

O time alviverde manteve a superioridade e ampliou a vantagem aos 28 minutos da etapa inicial. Dudu cobrou escanteio pela direita e Deyverson, posicionado na primeira trave, cabeceou firme. Antes do intervalo, Dudu ainda acertou o travessão do goleiro Ronaldo.

O Palmeiras marcou seu terceiro gol no Barradão aos 13 minutos da etapa complementar. Lucas Lima recebeu cruzamento de Marcos Rocha e dominou para dentro. Dudu se antecipou ao companheiro, limpou a marcação e tocou na saída de Ronaldo.

A equipe dirigida por Luiz Felipe Scolari desperdiçou uma grande chance de anotar o quarto com Victor Luis. Após chute ruim de Hyoran, Deyverson completou para defesa de Ronaldo. No rebote, de frente para o gol, o lateral esquerdo conseguiu chutar por cima.

Com uma vantagem confortável no marcador, Felipão aproveitou para descansar Dudu e Marcos Rocha, trocados por Diogo Barbosa e Mayke, respectivamente – Moisés já havia substituído Bruno Henrique no intervalo. Sem correr riscos na defesa, o time alviverde controlou a partida até o final.

VITÓRIA 0 x 3 PALMEIRAS

Vitória
Ronaldo; Jeferson, Aderllan, Ruan Renato e Benitez; Ramon, Rodrigo Andrade e Yago (André Lima); Neilton, Erick (Lucas Fernandes) e walter Bou (Wallyson)
Técnico: Paulo César Carpegiani

Palmeiras
Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Gustavo Gomez, Luan e Victor Luis; Thiago Santos, Bruno Henrique (Moisés) e Lucas Lima; Hyoran, Dudu (Diogo Barbosa) e Deyverson
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Gols: Deyverson, aos 10 e aos 28 minutos do 1º Tempo, e Dudu, aos 13 minutos do 2º Tempo (Palmeiras)
Cartões amarelos: Rodrigo Andrade e Neilton (Vitória); Bruno Henrique (Palmeiras)

Local: Barradão, Salvador (BA)
Data: 19 de agosto de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo – DF
Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento Júnior e Luciano Benevides de Souza – DF

JIU JITSU FERNANDO MEIRA