‘Meu único arrependimento é não estar neste time há mais tempo’, diz Geraldo Jr. durante evento em Eunápolis

Neste domingo (12), em Eunápolis, no extremo-sul da Bahia, ocorreu mais uma edição do Programa de Governo Participativo (PGP) das pré-candidaturas de Jerônimo Rodrigues (PT) a governador e Geraldo Júnior (MDB) a vice. O ato contou com a presença do senador Jaques Wagner (PT) e reuniu a militância dos movimentos sociais, indígena e estudantil que apoia os pré-candidatos.

Na ocasião, Geraldo Júnior frisou que seu “único arrependimento é não estar neste time há mais tempo. Vamos, juntos, continuar transformando a Bahia”. O presidente da Câmara de Salvador também abordou o cenário econômico em nível nacional. “O Brasil voltou para o mapa da fome e o gás de cozinha está muito caro, assim como diversos outros produtos. Mas esse cenário será modificado em favor do povo brasileiro com a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva”. Ele ainda saudou os comerciantes, representados através de associações, e fez uma menção especial à militância do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Jerônimo Rodrigues e a educação

Geraldo Júnior afirmou que “o povo trabalhador do Brasil e da Bahia está com Lula e Jerônimo Rodrigues”. Ele salientou a importância de Jerônimo ser um professor. “Ele conhece a educação pública, inclusive, já foi secretário da Educação. E com este seu conhecimento de causa, a educação pública terá muitos avanços com o próximo governador do nosso Estado, Jerônimo Rodrigues”, disse Geraldo Júnior.

Também prestigiaram o evento lideranças regionais, deputados federais, estaduais, vereadores e pré-candidatos às eleições majoritárias.