Membros do MST fecham três rodovias na Bahia em protesto pró-Lula

Trecho da BR 101 entre os municípios de Gandu e Wenceslau Guimarães, no Sul da Bahia

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam em três rodovias que cortam a Bahia nesta quarta-feira, 4. Eles tentam pressionar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que julgam nesta tarde o habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A partir das 14 horas, os ministros decidem se o petista será ou não preso.

Durante as manifestações, os manifestantes bloquearam trechos da BR-101, na região de Wenceslau Guimarães, no sul da Bahia; da BR-407, nas imediações de Ponto Novo; e da BA-210, sentido de quem vai de Juazeiro para Sobradinho. Essas últimas rodovias no norte do estado.

Os integrantes do MST chegaram nas estradas por volta das 7 horas e bloquearam as vias com galhos de árvores, pneus e outros objetos, que foram queimados, dificultando o trânsito.

O coordenador estadual do MST, Sebastião Lopes, argumentou que os movimentos querem defender “Lula, que tem um projeto social para país”. De acordo com ele, caso a decisão do STF seja contrária ao político, pode ter protestos em outros lugares na Bahia, já que para eles “eleição sem Lula é fraude”.

O líder do MST afirma que os atos fazem parte de ações da Frente Brasil Popular.

 

Fonte: GANDUZÃO – Do jeito que o povo gosta

Veja também