GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Médicos estatutários fazem paralisação de advertência na quinta

Os casos de urgência e emergência devem ser atendidos.

Os servidores públicos estaduais fazem uma paralisação de advertência na próxima quinta-feira, 6 de abril. A orientação é suspender consultas, procedimentos e cirurgias eletivas, remarcando para outra data.

Os casos de urgência e emergência devem ser atendidos. O ato é uma preparação para uma greve geral caso o governo não negocie a pauta geral de reivindicações e reinstale as mesas setoriais em cada secretaria.

A adesão dos médicos ao movimento foi definida em assembleia no último dia 14 quando foi elaborada uma pauta de reivindicações específica da categoria para se somar a pauta geral dos servidores.

Confira a pauta de reivindicações:

Piso Fenam para médicos

Reajuste retroativo das perdas inflacionárias 2015 / 2016

Liberação de extensão de carga horária

Regulamentação do adicional noturno

Retomada da mesa de negociação setorial

Realização de Concurso Público

Destravamento do PCCV

 

Fonte: G1

 

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia