Luciano Bivar, do União Brasil, desiste de candidatura à presidência

Apesar da desistência, apoio massivo do partido com maior tempo de propaganda em rádio e TV não virá para a campanha de Lula; União Brasil deu autonomia aos estados para apoios no primeiro turno

O outrora pré-candidato à presidência da República pelo União Brasil, Luciano Bivar, desistiu de concorrer nesta sexta-feira (29) após reunião realizada em Pernambuco.

Conforme publicamos na Revista Fórum na tarde ontem (28), é possível que um dos principais entusiastas e responsáveis pelo lançamento da campanha de Bolsonaro em 2018, venha a apoiar o ex-presidente Lula em 2022. O então pré-candidato ao Planalto pelo União Brasil teria dito a aliados que Lula pode apoiá-lo na disputa pela presidência da Câmara em 2023, no caso de vitória em outubro, em troca do apoio do União Brasil no primeiro turno.

Dono do maior tempo de propaganda em rádio e TV após a fusão entre PSL e DEM que o gerou, o União Brasil é muito desejado como aliado pela campanha de Lula, e o próprio Bivar teria se animado com a ideia de apoiar o petista no primeiro turno. No entanto essa negociação não avançou em alguns estados como Goiás, São Paulo e Rio Grande de Sul, o que fez com que Bivar, presidente nacional do partido, liberasse os estados para optarem pelo candidato que preferirem no primeiro turno.

Fonte: Revista Fórum