UFC 213

Lauro de Freitas: Protesto ocupa secretaria de educação e critica ‘caos’ em ensino

Professores da rede municipal de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), ocuparam a sede da secretaria de educação local nesta quarta-feira (19). Em protesto, os profissionais reclamam de um “caos” instalado na rede de ensino desde o início do ano letivo.

Segundo o sindicato da categoria [Asprolf], não há material nem carteiras suficientes nas escolas. Os docentes também criticam assédio moral contra os servidores dentro das unidades de ensino e até na Semed [secretaria municipal de educação].

De acordo com o Asprolf, 200 trabalhadores da educação [entre professores concursados, auxiliares de classe, cuidadores, pessoal de apoio)  ocuparam a Semed. Eles criticam os projeto Cidade Educadora da Semed e o Prefeitura nas Escolas da rede. Antes, cerca de 600 pessoas estiveram reunidos em assembleia geral extraordinária, onde debateram sobre os processos administrativos, calendário escolar, problemas nas escolas, a situação dos profissionais em regime Reda, entre outros assuntos.

Nesta quinta-feira (20), os professores participam de ato público em Salvador, a partir das 15h, no Campo Grande. No dia 29, data da emancipação da cidade, os trabalhadores pretendem fazer nova manifestação. (BN)

 

Veja também