Julgamento do Ba-Vi acontecerá no dia 27, no TJD-BA

São 15 denunciados, inclusive o Vitória, que pode ser excluído do Baianão

O julgamento referente aos eventos do Ba-Vi do último domingo (18) já tem data e hora marcadas. O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD-BA) definiu a sessão para a próxima terça-feira (27), às 18h, na sede da entidade, no Palácio dos Esportes, na Praça Castro Alves.

Além do Vitória, acusado pela procuradoria do TJD-BA de ter encerrado o clássico antecipadamente de forma intencional, serão julgados oito atletas do rubro-negro, o técnico Vagner Mancini e o supervisor de futebol Mário Silva. Por parte do Bahia, serão quatro jogadores sob julgamento.

O juízo será realizado pela 1ª Comissão Disciplinar do tribunal desportivo, composta por cinco auditores. Cada um tem um voto para a sentença. O presidente da sessão será Jaime Barreiros Neto; o vice-presidente, Marcos Bonfim; os demais auditores serão Silvio Quadros Mercês (decano), Marcos Melo e Maurício Saporito.

Todas as denúncias do procurador Hermes Hilarião terão que ser julgadas na mesma sessão. Ele abrirá cada audiência apresentando as provas a partir da súmula do árbitro Jailson Macedo Freitas, das imagens da transmissão da partida e de testemunhas solicitadas.

Os clubes e os profissionais envolvidos já foram notificados para formularem as suas defesas. Elas só serão apresentadas no próprio julgamento.

Todos podem recorrer das sentenças. O julgamento em segunda instância será no tribunal pleno do TJD-BA. Em caso de novo recurso, irá para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

 

JIU JITSU FERNANDO MEIRA