GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Jon Jones celebra derrota de Corey Anderson no UFC: ‘Sentiu o gosto da torta de humildade’

Desde o triunfo sobre Johnny Walker no UFC Nova York, em novembro do ano passado, Anderson adotou uma postura agressiva em busca de um ‘title shot’. E, mesmo depois da organização decidir que ele precisaria superar Jan Blachowicz antes de se credenciar a uma disputa de cinturão, o americano continuou apostando em declarações fortes quanto ao possível confronto contra o campeão. Para ‘Bones’, a insistência em focar no futuro, e esquecer do presente, foi um erro crucial cometido pelo compatriota e que pode ter influenciado no revés sofrido pelas mãos do polonês na noite de sábado.

“Essa foi uma luta incrível. Eu achei que Jan Blachowicz fez um tremendo trabalho. Seu boxe pareceu ótimo. Corey pareceu lento nesta noite (sábado). Alguma coisa parecia não estar clicando lá. Ele estava mais lento e mais hesitante nas suas tentativas de queda. Honestamente, eu acho que ele estava mais preocupado em lutar comigo do que em enfrentar Jan Blachowicz. Isso mostrou uma lição valiosa sobre o que acontece quando você olha além do seu oponente. Eu acho que Corey Anderson sentiu o gosto da torta de humildade nesta noite”, declarou Jon Jones, ao site ‘MMA Junkie’ após o UFC Rio Rancho.

Jon Jones concede entrevista Getty Images
A satisfação com o resultado da luta principal do UFC Rio Rancho ficou mais clara ainda no pós-show transmitido pela ESPN, onde ‘Bones’ afirmou que estava “feliz por ver Corey Anderson engolir suas palavras”. Jones ainda utilizou sua conta oficial no ‘Twitter’ para ironizar algumas declarações recentes do desafeto, que garantiu saber como derrotá-lo e usou o disputado duelo entre o campeão e Dominick Reyes, realizado no último dia 8 de fevereiro.

“’Eu sabia que ele era vencível. Fui o cara que sempre disse: ‘Eu sei que eu posso vencer Jon, eu sei como vencê-lo’. Eu vejo buracos, eu vejo o que você tem que fazer para derrotá-lo. Dom (Reyes) foi lá e fez muito disso’, disse Anderson ao TMZ Sports”, replicou Jon Jones em seu ‘Twitter’.

Após derrotar Dominick Reyes em decisão controversa dos juízes no UFC 247, realizado no dia 8 de fevereiro deste ano, Jon Jones aguarda a decisão da organização sobre seu próximo rival nos octógonos. Além da possibilidade de uma revanche imediata concedida ao último desafiante, ‘Bones’ pode fazer sua próxima defesa de cinturão contra Jan Blachowicz, que com a vitória por nocaute sobre Corey Anderson se colocou na disputa por um ‘title shot’.

Fonte: Combate

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia