Hotéis baianos garantem boa ocupação neste fim de ano

Praias em Porto Seguro-Bahia (Foto: arquivo)

Destinos turísticos baianos repetem bons índices de reservas na rede hoteleira para o Rèveillon, com taxas que variam de 80% a 100%. É o caso da capital baiana, por exemplo, que deve chegar a 100% de ocupação para a festa da virada, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-Bahia).

O secretário do Turismo do Estado, José Alves, atribui a boa procura por meios de hospedagem ao trabalho de promoção da Bahia nos mercados nacional e internacional, além da política de captação de voos. Somente no verão serão mais de 3,4 mil frequências adicionais para o estado.

“Com a redução do imposto sobre o combustível de aviação, autorizada pelo governador Rui Costa, também estamos conseguindo ampliar o número de voos regulares. A Air Europa colocou em operação a terceira frequência semanal de Madri para Salvador, e a Latam anunciou novos voos de Miami e Buenos Aires para o primeiro semestre de 2018”, enumera o secretário.

Litoral

Há uma boa expectativa de lotação hoteleira em Porto Seguro, de acordo com o presidente da seção Extremo Sul da ABIH-Bahia, Wilson Spagnol. Há ainda muitos apartamentos disponíveis, mas a procura é progressiva. “Acreditamos, na noite de Réveillon, bater em 95% a 96%”, afirma Spagnol.

Em Praia do Forte, no Litoral Norte, também há otimismo em relação ao preenchimento das vagas de hotéis e pousadas. “Estimamos uma média de ocupação de 95% para o período de Réveillon, mas estamos com expectativa de chegar a 100% nessa semana”, diz a gerente executiva da Associação Comercial e Turística de Praia do Forte (Turisforte), Ana Caroline Alves.

Para Morro de São Paulo, a expectativa é que a ocupação hoteleira chegue a 100%, aumentando significativamente a partir do dia 26 de dezembro, depois de atingir 90% no Natal.  Boipeba, onde, segundo o secretário de Turismo de Cairu, Edson Caporazzo, o Réveillon é a época na qual a localidade mais recebe visitantes, a estimativa é de oscilar entre 80% e 85%, principalmente com turistas de Salvador.

Chapada Diamantina

Em Lençóis, na Chapada Diamantina, segundo o presidente do Conselho de Turismo, Dioclides Lopes Araújo, há uma boa procura por hospedagens, podendo chegar a 100%. Dioclides ressalta que há uma tendência de turistas negociarem diretamente com hotéis e pousadas, o que pode fazer com que o número exceda as estimativas. Já Mucugê registra índice de 80%, segundo Ana Luísa Pimentel, do Conselho Municipal de Turismo.

A maior parte dos turistas que chega à Chapada é de estados como São Paulo e Minas Gerais, mas também nordestinos de estados como Pernambuco, Sergipe e Paraíba.

Costa do Cacau

Com atrações como Margareth Menezes e Magary Lord na festa da virada, Itacaré atingiu quase 100% de ocupação da sua rede hoteleira, formada por mais de 160 hotéis e pousadas. “A procura é muito grande. Muitos hotéis completaram sua lotação, mas ainda há vagas para quem resolveu viajar de última hora”, explica o secretário municipal de Turismo, Júlio Oliveira.

Cerca de 20 mil visitantes são esperados no município, e a oferta de hospedagem é ampliada com o aluguel de casas. Com apoio da Secretaria do Turismo do Estado/Bahiatursa, a festa será realizada na Praia da Coroinha, nos dias 30 e 31.

Em Ilhéus, a maioria dos hotéis também está lotada, mas de acordo com Marco Lessa, presidente do Costa do Cacau Convention Bureau, ainda dá para garantir algumas vagas em empreendimentos menores, como pousadas, por exemplo.

Repórteres: Eduardo Bastos e Ana Paula Cabral

 

PUBLICIDADE

JIU JITSU FERNANDO MEIRA