UFC

Holloway critica Aldo sobre motivação para revanche no UFC: ‘Está no ramo errado’

Campeão rebate desafiante e diz que sempre se motiva para as lutas

Com a lesão de Frankie Edgar, a chance de disputar o cinturão peso pena contra o atual campeão e algoz, Max Holloway, caiu no colo de José Aldo. O manauara foi batido pelo havaiano em pleno Rio de Janeiro, em junho deste ano, e terá a oportunidade de revanche no UFC 218, marcado para 2 de dezembro, em Detroit. E garantiu que a motivação para recuperar o título será em dobro, o que foi imediatamente rebatido pelo Blessed (Abençoado).

Se Aldo ressaltou que está mais motivado para reaver o cinturão, Holloway questionou o fato de o brasileiro não ter mostrado isso no primeiro combate, vencido pelo havaiano por nocaute no terceiro round, quando os fãs presentes na Arena da Barra, no Rio de Janeiro, ficam em absoluto silêncio. “Esse cara está falando sobre motivação, de como ele está motivado para o cinturão. Eu não tenho ideia porque as pessoas falam sobre motivação”, declarou o campeão.
“Ele estava lutando na sua cidade, como campeão. Se lutar no seu país, pelo seu povo, pelo seu cinturão não é motivação o bastante, o que é isso? Eu estou motivado, o cinturão é ótimo, traz mais dinheiro e pay per views, mas uma luta é uma luta, não quero entrar lá para levar uma surra na frente de milhões de pessoas vendo pela TV. Não importa com quem eu lute, vou estar sempre motivado”, acrescentou o campeão.
Holloway, de 25 anos, até ironizou Aldo sobre motivação para a revanche. O Blessed, que terá a primeira defesa do cinturão no UFC, disse que encara qualquer desafio com a mesma determinação. “Eu não preciso de muito para me motivar. Se você tem dificuldade em se motivar, está no ramo errado, você pode se machucar. Esse cara está falando de motivação, isso me deixa abismado. Eu estou motivado, não importa se fosse ele ou outro, estou pronto para lutar”, frisou o havaiano, que vem de 11 vitórias seguidas no octógono.
UFC 218
2 de dezembro
Little Ceasers Arena, em Detroit (EUA)
Card principal
Max Holloway x José Aldo – pelo cinturão peso pena
Alistair Overeem x Francis Ngannou
Henry Cejudo x Sergio Pettis
Eddie Alvarez x Justin Gaethje
Michelle Waterson x Tecia Torres
 
Card preliminar
Paul Felder x Charles do Bronx
Alex Cowboy x Yancy Medeiros
David Teymur x Drakkar Klose
Felice Herrig x Cortney Casey
Sabah Homasi x Abdul Razak Alhassan
Jeremy Kimball x Dominick Reyes
Amanda Cooper x Angela Magaña
Allen Crowder x Justin Willis

 

Veja também