Henry Cejudo demonstra carinho com brasileiros após fazer história no UFC

Campeão olímpico elogia Marlon Moraes e os fãs após faturar cinturão.

Campeão olímpico no wrestling pelos Estados Unidos nos Jogos de Pequim, em 2008, Henry Cejudo traçou carreira vitoriosa no MMA. O Messenger conquistou o segundo cinturão na organização, dessa vez o do peso galo, que estava vago, depois de nocauter Marlon Moraes no segundo round. Foi a luta principal do UFC 238, na madrugada de domingo, em Chicago. O norte-americano já era dono do título dos moscas (até 57kg) e ganhou ainda mais moral na organização. 

Henry Cejudo repetiiu o feito de Conor McGregor, Daniel Cormier e Amanda Nunes, todos campeões de forma simultânea em duas categorias de peso distintas no UFC. O norte-americano, que sempre levou para os eventos a medalha olímpica no peito, se orgulha de ter erguido os títulos do peso mosca e dos galos – esse estava vago desde que o antigo dono, TJ Dillashaw, foi punido por causa de doping.