Greve do INSS chega ao fim com mais de um milhão de pessoas na fila por atendimento

Foram 52 dias de paralisação e um saldo de 1.094.210 de pessoas à espera por um atendimento no instituto; cerca de um terço dos médicos do INSS havia aderido à greve

Com a demanda represada, tempo de espera para atendimento tem sido de 90 a 120 dias, segundo estimativas do IBDP Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Após 52 dias de greve, os peritos médicos federais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retornam nesta segunda-feira (23) aos trabalhos.

O fim da paralisação foi acordado em reunião na última sexta-feira (20), que envolveu a Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP) e o Ministério do Trabalho e Previdência. Cerca de um terço dos mais de 3.000 mil médicos do INSS havia aderido à greve.

A greve de quase dois meses levou a uma fila de 1.094.210 pessoas que aguardam por atendimento no INSS. Deste total, 65,2% são usuários que esperam por uma perícia inicial, a primeira análise de quesitos para a liberação de benefícios.

Fonte: CNN