Governo desbloqueia mais R$ 5 bilhões do orçamento federal

Medida vai beneficiar órgãos públicos, melhorar serviço à população e retomar investimentos em obras.

Com a melhora na economia e a eficiência nos gastos públicos, o governo vai liberar R$ 5 bilhões do orçamento federal deste ano. A decisão vai permitir que os órgãos do poder público melhorem o atendimento à população e retomem a capacidade de realizar investimentos.

De acordo com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, essa liberação foi possível diante de um aumento de R$ 0,4 bilhão em receitas, fator que decorreu especialmente do aumento da arrecadação de receitas federais acima do esperado.

Ao mesmo tempo, houve uma redução na estimativa de despesas na ordem de R$ 4,6 bilhões, resultado da diminuição de gastos com subsídios pagos pelo governo, principalmente.

Segundo a pasta, além de fortalecer a atuação dos órgãos federais, esses recursos vão permitir mais investimentos públicos. Cerca de R$ 850 milhões serão aplicados em obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O que isso significa?

Dentro do esforço de sanar o rombo nas contas públicas, o Governo do Brasil precisa cortar gastos e evitar o aumento das despesas. No entanto, quando se congela parte do orçamento federal, alguns gastos feitos pelos órgãos são afetados. A meta fiscal para este ano é um déficit de R$ 159 bilhões.

A situação das contas ainda é grave, mas a liberação dos recursos poderá dar seguimento ao funcionamento dos serviços nos órgãos públicos.

Veja também