Falso médico é preso em flagrante em hospital de Iaçu

Um falso médico foi preso na tarde dessa sexta-feira (31), no município de Iaçu, a 278 km de Salvador. O homem, identificado como Felipe Brandão, usava o CRM do médico Filipe Borges de Moraes para atuar no Hospital Valdir Cavalcante Medrado. A polícia chegou até ele após receber uma denúncia de que um estudante de Medicina estaria atendendo pacientes na unidade de saúde, prescrevendo receitas e administrando medicamentos.

Segundo informações do portal A Voz é Aqui, quando os agentes chegaram no hospital, Brandão estava na sala de descanso. Momentos antes, ele havia atendido uma senhora, conforme demonstrado pelo prontuário médico com sua assinatura. Diante do flagrante, os policiais o encaminharam para uma delegacia, a fim de prosseguir com as medidas cabíveis.

Por meio de uma nota, a Prefeitura de Iaçu ressaltou que Brandão não possui qualquer vínculo empregatício ou contrato com o município. Segundo a gestão, ele foi apenas apresentado como substituto do plantonista titular, que se ausentou. Eles afirmam ainda que a empresa responsável pela contratação dos médicos foi notificada e que a Secretaria Municipal de Saúde se mantém à disposição da Polícia Civil.

CRIME ANTIGO

O suspeito responde por outros crimes e, inclusive, já foi preso outras vezes por falsidade ideológica. Em 2017, vereadores de Candeias prestaram uma denúncia no Ministério Público Federal (MPF) contra ele. Na época, Brandão usava o nome de Filipe Borges para atuar no Posto Médico Luiz Viana Filho.

De acordo com a denúncia, durante o serviço, o falso médico chegou a atender um homem que veio a óbito pouco tempo depois de ter usado um remédio injetável receitado por ele (saiba mais aqui). (Atualizada às 10h03)