GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Exercício de força pode auxiliar na prevenção de alguns tipos de câncer

Atividades como a musculação foram ligadas a um menor risco de tumores de bexiga e de rim, segundo um estudo brasileiro

Um estudo sugere que exercícios de força podem reduzir alguns tipos de câncer, particularmente os de bexiga e rim. O trabalho foi realizado por pesquisadores da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), em parceria com a Harvard University (Estados Unidos).

Os autores do estudo utilizaram dados do Health Professionals Follow-up Study, um levantamento com mais de 30 mil profissionais de saúde, para investigar se a realização de atividades de força muscular, comumente praticadas em academias, está associada com menor risco de tumores.

Os participantes do estudo foram acompanhados entre 1992 e 2014, período em que responderam questionários bienais sobre a frequência semanal de exercício que trabalham os músculos. Outros fatores de risco ou de proteção para o câncer foram incluídos na análise, para evitar a confusão dos dados.

Os autores concluíram que os exercícios de força muscular não foram associados a uma menor incidência total de câncer. No entanto, foi possível observar uma redução de 20% no risco de tumor de bexiga e 23% no de rim para cada hora adicional de musculação na semana.

Os pesquisadores do estudo também observaram que participantes que realizaram as práticas resistidas em combinação com atividades aeróbicas tiveram uma maior redução no risco de câncer de rim.

*Este texto foi originalmente publicado pela Agência Fapesp, com informações da assessoria de imprensa da Unifesp.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia