‘Eu sou o único opositor ao governo petista do estado’, diz João Roma

Roma considera que a polarização nacional entre Bolsonaro e Lula se reproduzirá na disputa eleitoral baiana.

Candidato ao governo da Bahia, o deputado federal João Roma (PL), descarta a possibilidade de ser a terceira via na corrida ao Palácio de Ondina.Em entrevista às páginas amarelas da revista Veja, desta semana, o recém desincompatibilizado ministro da Cidadania considera que a polarização nacional entre Bolsonaro e Lula se reproduzirá na disputa eleitoral baiana e afirma: “Eu sou o único opositor ao governo petista do estado”.

Para Roma, ACM Neto, como o próprio ex-prefeito de Salvador já admitiu, não é adversário de Lula. “O plano dele não é se opor ao PT. Ele está se matando, deixando o papel de liderança e fazendo o pior caminho da política”, disse à Veja.

Na opinião do pré-candidato bolsonarista, Neto se sustenta na falácia de que o atual presidente da República tem mais de 60% de rejeição no estado. “(O resultado das pesquisas) é apenas a fotografia do momento e pode mudar”.E já está mudando, na avaliação do deputado liberal, que percebe a mudança nas pesquisas mais recente, mas também nas viagens ao interior, onde a aprovação ao presidente Bolsonaro é crescente.