UFC 213

Estatística: Um policial é assassinado a cada dois dias no Rio

Faltam quase dois meses para acabar o ano e a vítima é o 116º policial assassinado em 2017, apenas no Estado do Rio.

Com a morte de mais um policial em serviço no Rio de Janeiro – o sargento Wendel Nascimento, de 44 anos, atingido na barriga durante um confronto na Favela Mundial, em Honório Gurgel, na Zona Norte do Rio de Janeiro – o estado se aproxima de um policial a menos cada dois dias, Faltam quase dois meses para acabar o ano e a vítima é o 116º policial assassinado em 2017, apenas no Estado do Rio.

O sargento que perdeu a vida nesta segunda-feira (6), em uma operação na qual morreram dois criminosos, era lotado no 9º BPM (Rocha Miranda), com 16 anos de serviços prestados na corporação.

O policial militar foi executado com um tiro de fuzil de um dos criminosos, segundo informações da corporação ao jornal O Dia. O modelo AK-57 e uma pistola 9 mm foram apreendidos no local, que desde o final de semana é palco de guerra entre traficantes de facções rivais.

A exemplo dos confrontos acentuados na Rocinha ao longo do último mês, a guerra entre criminosos vêm afetando o dia a dia dos moradores. Alunos da escola Alípio Miranda Ribeiro, em Coelho Neto, precisaram se proteger no corredor da troca de tiros ocorrida nas imediações do prédio.

Veja também