GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Estado paga neste sábado um terço referente às férias coletivas dos professores

Medida se aplica a todos os educadores em função de magistério, tanto do quadro da SEC como contratados pelo Reda

O um terço do salário dos professores da rede estadual de ensino referente às férias coletivas de novembro foi creditado em conta a partir deste sábado (7). O investimento é de, aproximadamente, R$ 49 milhões. Iniciada no dia 3 , as férias coletivas de 30 dias foi adotada em razão da calamidade pública de Covid-19, que suspendeu as aulas.

Segundo o governo estadual, a medida se aplica a todos os educadores. A exceção é para diretor escolar. Estão incluídos professores, vice-diretores e coordenadores pedagógicos do quadro do magistério da Secretaria de Educação do Estado (SEC); os contratados pelo Reda que atuam no magistério.

Também recebem o benefício os profissionais da Educação que estão no exercício da função de mediador, de intérprete de Libras, de brailista, de instrutor de Libras, de cuidador, de técnico de atendimento de Educação Especial (AEE), de preceptor e de nutricionista, nas unidades de ensino da rede estadual.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia