GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Encruzilhada: PF determina afastamento de prefeito e servidor por desvios

Investigações da Polícia Federal demonstraram que a organização criminosa teria lavado, pelo menos, R$ 6.232.407,00 entre 2013 e 2014.

Encruzilhada: PF determina afastamento de prefeito e servidor por desvios

Com base no artigo 17-D da Lei de Lavagem de Dinheiro, a Polícia Federal (PF) determinou o afastamento por tempo indeterminado do prefeito de Encruzilhada, Wekisley Teixeira Silva, mais conhecido como Dr. Lei (PMDB) e de um servidor da área de saúde

De acordo com a PF, ambos cometeram crimes de responsabilidade, fraude a licitação, lavagem de dinheiro e por serem integrantes de organização criminosa em investigação que apurou desvio de recursos públicos de uma cooperativa da área de saúde que atuava em diversos municípios da região sudoeste da Bahia.

As investigações da Polícia Federal demonstraram que a organização criminosa teria lavado, pelo menos, R$ 6.232.407,00 (seis milhões, duzentos e trinta e dois mil, quatrocentos e sete reais) entre 2013 e 2014. O afastamento do Prefeito e do servidor público deve ser cumprido imediatamente, sob pena de responsabilização civil e criminal. // Ascom . DPF.BA.

 

Programa Estado Solidário